Postada em 21/03/2017
REFORMA DA PREVIDÊNCIA RETIRA DIREITOS

Na última sexta feira (17/03) no auditório da OAB aconteceu a 13º Jornada de Debates promovida pelo DIEESE e organizada pelas Centrais Sindicais, que neste ano abordou o tema da Reforma da Previdência - PEC (Proposta de Emenda Constitucional) nº 287. O SEAAC, por meio do seu Presidente, foi o grande motivador para a realização da Jornada em Presidente Prudente, jornada esta, que está acontecendo em todas as capitais dos estados brasileiros. A União das Centrais Sindicais, da OAB e do Conselho Intersindical foi relevante para que a população de Presidente Prudente e cidades vizinhas tivessem a oportunidade de poder participar do evento que trouxe importantes informações quanto ao estudo detalhado do DIEESE, sobre a proposta de reforma da previdência e o quanto ela retira direitos dos trabalhadores e penaliza as mulheres para a aposentadoria.

 

A proposta estabelece a idade mínima para a aposentadoria em 65 anos e exige 49 anos de contribuição, igualando homens e mulheres. Desta forma, para ter a aposentadoria integral, o trabalhador teria que iniciar suas atividades profissionais aos 16 anos, nunca ficar desempregado e aos 65 anos se aposentar, o que é impossível no Brasil, tendo em vista que algumas regiões a expectativa de vida é inferior a 65 anos. 

 

O governo, que não tem compromisso com os trabalhadores, apresenta esta proposta, justificando que a previdência é deficitária, mesmo que todos os números mostre-a superavitária, ou seja não há prejuízos. Tudo indica que a fragilidade do governo contribui para uma pressão dos sistema financeiro que objetiva somente o lucro e têm na proposta a possibilidade de aumentar as vendas de previdência privada além garantir mais dinheiro para o pagamento de juros de dividas que o Brasil mantém com o sistema financeiro internacional.

 

Fiquem atentos, informe-se e engajem na luta contra a reforma da previdência.

 

SEAAC 2017 - Todos os Direitos Reservados