Postada em 18/10/2017
CONTABILIDADE/ASSESSORAMENTO - CONVENÇÃO FIRMADA

Vivemos um dos anos mais difíceis nas negociações coletivas, impactado pela reforma trabalhista e também pelo índice baixo de inflação mantido pelo governo por meio da recessão que assola o país.

A discussão quanto ao reajuste foi um dos maiores entraves na negociação, mas não foi o único. A manutenção dos benefícios existentes e as alterações visando garantir direitos aos trabalhadores em relação à reforma trabalhista, também geraram debates que ocasionaram o atraso na finalização da negociação. Os pisos salarias foram fixados em R$ 1.215,00 e R$ 1.295,00 de acordo com as funções estabelecidas, já o vale alimentação foi reajustado para R$ 19,10 por dia e o triênio para R$ 58,00, e o reajuste para quem ganha acima do piso foi de 3,08% (inflação de 2,08% + 1% de aumento real).

Uma outra importante conquista nestas negociações, foi a manutenção das homologações de rescisão de contrato de trabalho, que haviam sido retiradas pela reforma trabalhista. As homologações dão a garantia para os trabalhadores de que as verbas rescisórias sejam pagas corretamente e também gera segurança jurídica para as empresas. A não realização das homologações junto ao Sindicato obrigará as empresas ao pagamento de multa de um salário em favor do empregado.

Nos próximos dias, divulgaremos a convenção de Contabilidade e Assessoramento de Tupã a Panorama, e também das categorias de Cobrança, Advocacia, Consórcio e Locadoras de máquinas de Terraplanagem, que estão na fase final de negociações.

Veja a Convenção Coletiva na íntegra clicando aqui.

SEAAC 2017 - Todos os Direitos Reservados